PROJECTS OVERVIEW

As concessões para os projectos de fosfato da Minbos estão localizadas em Angola (Figura 1). As licenças/títulos, abrangem uma área de 1,909 km² ao longo da Bacia do Atlântico, em que os depósitos de fosfato se situam.

O título para exploração do Projecto Cabinda (Figura 1) foi concedido à Mongo Tando Ltda, na qual a Minbos detém 50% das acções por meio da Joint Venture Companhia Mongo Tando Ltd. As duas licenças para o Projecto Cabinda abrangem uma área de 1,909km² e foram concedidas em outubro de 2015, por um período de 5 anos, prorrogáveis por mais 2 anos. Os acordos de licenciamento englobam não apenas direitos de prospecção, mas também os relativos à fase de mineração do Projecto Cabinda.

A concessão de licença para mineração pode ser requerida após a realização do Estudo de Viabilidade Económica e de Impacto Ambiental. A licença para mineração é válida por trinta e cinco anos, prorrogável por sucessivos períodos de 10 anos.

mnb_project-map-correct-010617
Cabinda Phosphate ProjectAngola

PROJECTS

sample_project_img
Cabinda Phosphate ProjectAngola

VISÃO GERAL DOS RECURSOS

A Minbos delineou uma quantia expressiva de recursos de 449.8Mt a conter 9.8% de P2O5. No âmbito desse recurso, dois projectos de alto teor foram identificados nos depósitos de Cacáta e Kanzi. O resumo dos recursos JORC está demonstrado abaixo: